Normas de Colaboración

Passagens

Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica

International Review of Political History and Legal Culture

Revista Internacional de Historia Política y Cultura Jurídica

Revue Internationale d´Histoire Politique e Culture Juridique

NORMAS PARA PUBLICAÇÂO

Aos autores:

Os artigos e resenhas enviados a Passagens serão submetidos ao Conselho Editorial e a pareceristas ad hoc. O Conselho Editorial reserva-se o direito de sugerir aos autores modificações de forma, com o objetivo de adequar os artigos às dimensões da revista ou ao seu padrão editorial. As notas de rodapé e referências bibliográficas devem ser restritas ao mínimo indispensável. A publicação de um artigo não exprime endosso do Conselho a todas as afirmações feitas pelos autores. Os artigos devem conter entre 25.000 e 40.000 caracteres, com espaços, ficando ao critério dos editores as possibilidades de artigos com um pouco mais ou menos caracteres. Todos os artigos serão submetidos a avaliação de dois pareceristas (duplo cego). Em caso de discordância entre os avaliadores, os artigos serão submetidos a um terceiro avaliador.

Normas:

Como enviar e apresentar os artigos

Os trabalhos deverão ser apresentados em formato eletrônico, processado em Word for Windows, ou RTF;

Fonte Arial, tamanho 12, espaçamento 1,5;

Margens: superior 2 cm; esquerda 2cm; inferior 2cm; direita 2 cm.

Utilizar negrito para títulos e subtítulos, e itálico para as citações;

Os trabalhos devem incluir: a. título na língua corrente do artigo (português, espanhol, inglês ou francês); b. nome(s) e sobrenome(s) do(s) autor(es); c. dados curriculares resumidos do(s) autor(es); d. endereço completo e e-mail; e. resumo na língua da escrita original (português, espanhol, inglês ou francês). O resumo deverá trazer um texto entre 100 e 250 palavras. f.palavras-chave (máximo de 5) – na língua da escrita original (português, espanhol, inglês ou francês).

O arquivo contendo o trabalho deverá ser enviado para

historiadodireito@historia.uff.br, via “attached file” (anexo);

As notas de rodapé deverão ser incluídas no final da página, ordenadas por algarismos arábicos; fonte arial 10;

As páginas do artigo não deverão ser numeradas;

Os autores devem enviar, juntamente com o arquivo submetido, uma carta responsabilizando-se elos aspectos éticos do artigo, assim como por sua autoria. Na carta também deve constar que o autor está ciente de que, aoser enviado, o artigo não pode estar tramitando junto a outro periódico ou publicação (ver modelo abaixo);

Citações

As citações literais até 3 linhas devem constar entre aspas, em itálico, no corpo do texto; as citações literais a partir de 4 linhas devem estar separadas do texto, em itálico, sem aspas, com margem esquerda de 4 cm.

As referências das citações constantes no texto deverão ser feitas em nota de rodapé, da seguinte forma:

Quando for a referência do autor, citar nesta ordem: Sobrenome, Nome (ano da edição). Título do livro (em itálico), Local da editora: Editora.

Exemplo: Ginzburg, Carlo (1989). Mitos, Emblemas e Sinais. Morfologia e História, São Paulo: Companhia das Letras; as demais citações da mesma obra deverão ser feitas da seguinte forma: Ginzburg, Carlo

(1989). Op. Cit.; em caso de citação igual à citação imediatamente anterior, utilizar Ibidem seguido do número da página, se preciso.

No caso de citação de capítulo de livro, esta deve ser feita da seguinte maneira: Sobrenome, Nome (ano da edição). Capítulo do livro, entre aspas. In Título do livro (em itálico), Local da editora: Editora, p. xxx -xxx.

Exemplo: Ginzburg, Carlo (1989). “Sinais: Raízes de um paradigma indiciário”. In Mitos, Emblemas e Sinais. Morfologia e História, São Paulo: Companhia das Letras, p. 143-179.

No caso de citação literal, deve ser mencionada a(s) página(s) de onde ela foi retirada. Exemplo: Ginzburg, Carlo (1989). “Sinais: Raízes de um paradigma indiciário”. In Mitos, Emblemas e Sinais. Morfologia e História,

São Paulo: Companhia das Letras, p. 145.

No caso de citação de tese ou dissertação, esta deve ser feita da seguinte maneira: Sobrenome, Nome (ano da defesa). Título (em itálico).

Tese ou Dissertação (Nível e área) – Instituto e Universidade onde foi defendida, Local da Universidade. Exemplo: Silva, Daniella Amaral Diniz da (2008). Alteridade e idéia de nação na passagem à modernidade: o círculo Rio Branco no Brasil -‘Ubique Patriae Memor. Dissertação

(Mestrado em História) – Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Universidade Federal Fluminense, Niterói.

Bibliografia (somente a citada nas notas de rodapé):

Artigo em periódico científico:

Cerqueira Filho, Gisálio (2008). “Euclides da Cunha e a psicopatologia: um indício para abdução”. In Revista Latino-Americana de Psicopatologia

Fundamental, v. 11. n. 3, p. 380-391.

Capítulo de Livro:

Batista, Vera M. W. (2007). “O medo na história do direito penal brasileiro”. In Neder, Gizlene (Org.) (2007). História & Direito: Jogos de

Encontros e Transdisciplinaridade, Rio de Janeiro: Revan, p.141-148.

Livro:

Neder, Gizlene e Cerqueira Filho, Gisálio (2007). Idéias Jurídicas e Autoridade na Família, Rio de Janeiro: Revan.

Tese ou Dissertação:

Silva, Daniella Amaral Diniz da (2008). Alteridade e idéia de nação na passagem à modernidade: o círculo Rio Branco no Brasil - ‘Ubique PatriaeMemor. Dissertação (Mestrado em História) – Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Universidade Federal Fluminense, Niterói.

Sobre os conteúdos

A responsabilidade pelos conteúdos dos artigos é daqueles que os escrevem; O Conselho Editorial de Passagens. Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica se reserva o direito de introduzir nos trabalhos as modificações necessárias para adaptar os mesmos às normas e às suas possibilidades editoriais. E em casos de eventuais modificações substanciais, essas serão solicitadas aos autores; 3.3 É permitida a reprodução dos artigos desde que conste que foram originalmente publicados em Passagens;

Periodicidade e prazo para a apresentação do material à revista

Passagens: Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica mantém uma periodicidade quadrimestral (janeiro, maio e setembro);

Os prazos de recebimento do material a ser submetido aos Conselhos Consultivo e Editorial da Revista são: 30 de novembro, para publicação em janeiro; 31 de março, para publicação em maio e 31 de julho, para publicação em setembro.

Seleção de material

Avaliam-se a originalidade e relevância do tema, a qualidade da metodologia utilizada, clareza do texto e adequação às normas de editorias da Revista;

Todo o material é submetido e revisado por pelo menos dois pareceristas anônimos (duplo cego).  prazo máximo para realização do processo de avaliação dos artigos enviados é de três meses. A editoria da revista enviará aos autores as recomendações dos avaliadores.

O material enviado à Revista deve ser inédito, não podendo ter sido publicado anteriormente.

Direitos autorais

Solicita-se enviar, em anexo, um termo de transferência de direitos autorais, contendo assinatura do(a)s autor(a)s, conforme o modelo abaixo:

Eu/nós, ....................................... , autor(a)s do trabalho: ................................, que submetemos à apreciação de Passagens: Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica, estou(amos) ciente(s) das normas de publicação e concordo(amos) que os direitos autorais a ele referidos sejam transferidos para a Editoria da publicação. Ao mesmo tempo, me (nos) responsabilizo(amos) pelo conteúdo do artigo. __________________, ____/____/____ Assinatura: ___________________________________

Revista de Acceso Abierto