redalyc.org

Sistema de Información Científica Redalyc
Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

redalyc.org redalyc.org
Brassinosteróide e substratos na aclimatização do abacaxizeiro 'Imperial'
Paulo Henrique Aragão Catunda, Claudia Sales Marinho, Mara Menezes de Assis Gomes, Almy Junior Cordeiro de Carvalho;
Acta Scientiarum. Agronomy 2008 30(3)
Resumen
Portugués Inglés
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de diferentes concentrações de um análogo de brassinosteróide (BIOBRAS - 16) e de dois substratos sobre o crescimento de mudas micropropagadas do abacaxizeiro 'Imperial'. O experimento foi conduzido em DBC, em esquema fatorial 2 x 5 x 4, no qual foram avaliadas cinco concentrações do BIOBRAS - 16 (0; 0,1; 0,3; 0,5 e 1 mg L-1), dois tipos de substratos e quatro épocas de amostragem (60, 90, 120 e 150 dias após transplantio). Os substratos utilizados foram o Plantmax® e outro substrato obtido pela compostagem de uma mistura entre o bagaço-de-cana e torta de filtro (BT). As plântulas foram transplantadas para tubetes cônicos em casa-de-vegetação equipada com nebulizadores intermitentes. As plantas cultivadas no substrato BT e pulverizadas com 0,1 mg L-1 do BIOBRAS - 16 apresentaram maior crescimento da parte aérea, com maior número de folhas, diâmetro de roseta, largura de folha, massa fresca e massa seca, aos 150 dias após transplantio. Nas plantas cultivadas no substrato BT as pulverizações com o BIOBRAS-16 a 0,1 mg L-1 proporcionaram acúmulo de matéria seca 2,8 vezes superior ao valor da testemunha cultivada no substrato Plantmax®. A massa fresca e seca de raízes foram superiores no substrato Plantmax® em relação ao BT, nas últimas épocas de amostragem.

Palabras clave: Ananas comosus, BIOBRAS-16, bagaço-de-cana, torta de filtro, Plantmax®, regulador de crescimento.
Ver Resumen
Universidad Autónoma del Estado de México
Sistema de Información Científica Redalyc ®
Versión 3.0 | 2017
redalyc@redalyc.org