redalyc.org
Sistema de Información Científica Redalyc
Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
English

Necessidade de tratamento ortodôntico em adolescentes brasileiros: avaliação com base na saúde pública

Resumen
Portugués
Inglés
OBJETIVO: Identificar a prevalência e a gravidade das más oclusões e fatores associados com a necessidade de tratamento ortodôntico dos adolescentes brasileiros. MÉTODOS: Estudo transversal feito com base nos dados da pesquisa epidemiológica nacional em saúde bucal no Brasil (2002-2003). Condições sociodemográficas, autopercepção, existência e nível de gravidade da má oclusão, com o uso do Índice de Estética Dentária, foram avaliados em 16.833 adolescentes brasileiros selecionados por amostra probabilística por conglomerados. A variável dependente necessidade de tratamento ortodôntico foi estimada a partir da gravidade da má oclusão. A magnitude e a direção das associações nas análises bivariada e multivariada foram estimadas pela regressão de Poisson. RESULTADOS: A maioria dos adolescentes apresentou necessidade de tratamento ortodôntico (53,2%). Na análise multivariada, a prevalência da necessidade de tratamento ortodôntico foi maior entre as mulheres, os não brancos, aqueles que autopercebiam a necessidade de tratamento e aqueles que autopercebiam sua aparência como normal, ruim ou muito ruim. A necessidade de tratamento ortodôntico foi menor entre aqueles que viviam nas regiões Nordeste e Centro-Oeste em comparação com aqueles da Sudeste e também menor entre aqueles que autopercebiam sua mastigação como normal e sua saúde bucal como ruim ou muito ruim. CONCLUSÕES: O estudo identificou uma prevalência elevada da necessidade de tratamento ortodôntico em adolescentes no Brasil, associada com questões demográficas e subjetivas de saúde bucal. A alta prevalência de necessidades ortodônticas entre adolescentes é um desafio para o Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil.
Palabras clave: Saúde bucal, Má oclusão, Adolescente, Saúde pública.
uaem-pie
Sistema de Información Científica Redalyc
Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
Universidad Autónoma del Estado de México
Versión 2.2 beta | 2015
redalyc@redalyc.org
Pie piepag